Guia Cultural do Vale do Café

  • A+
  • A-
Espaços Culurais & Expressões Artíticas

Região 2 • Piraí

ASSOCIAÇÃO JONGUEIRA DA CACHOEIRA DE ARROZAL

Uma comunidade em prol da conservação e difusão dos costumes afro-brasileiros

Com a intenção de envolver as novas gerações, Seu Edgar, que é griô, tem como missão resgatar o jongo, manifestação cultural essencialmente rural diretamente associada à cultura africana no Brasil e que influiu poderosamente na formação do samba carioca em especial, e da cultura popular brasileira como um todo. Segundo os jongueiros, o jongo é o “avô” do samba.
Os jongueiros do Arrozal são descendentes dos escravos da antiga fazenda da Cachoeira, do comendador José Breves.
Eles sempre comemoram e fazem apresentação especial no dia 26 de julho, decretado dia oficial do jongo no estado do Rio de Janeiro.
São realizados ensaios abertos semanais no belo Casarão de Arrozal, sendo aconselhável agendar as visitas com antecedência, especialmente para confirmar o horário, que por vezes precisa ser alterado.
No amplo casarão também são desenvolvidas oficinas de artesanato e em algumas salas pode-se apreciar a exposição de peças representativas da cultura afro-brasileira.

19h às 21h toda 4ª (ensaio aberto) • agendar visitas
Gratuito
Carro • Ônibus

Informações

Praça São João, s/n (no Casarão de Arrozal) – Arrozal – Piraí
(24) 3333-1367 / (24) 9234-2743
(confirmar ensaio e agendar visitas)

Quer ver mais conteúdos exclusivos? Baixe o aplicativo no seu tablet!

Vai para o topo